CLOSTAT™ SUÍNOS - PROBIÓTICO PARA SAÚDE INTESTINAL

CLOSTAT™ É UM PROBIÓTICO ÚNICO

 

Formado por cepa exclusiva de Bacillus subtilis, o PB6, CLOSTAT é estável para uso em premix, rações fareladas e peletizadas e com compatibilidade comprovada para uso com ácidos orgânicos e melhoradores de desempenho.

 

 

Inibição de Clostridium perfringens

Em seu modo de ação, o PB6 produz metabólitos, principalmente a surfactina, que formam poros na membrana do Clostriduim perfringens, provocando o rompimento e lise do mesmo.

 

 

A figura abaixo mostra o efeito do Clostat sobre Clostridium perfringens a 37°C. (A) rompimento da parede celular com perda do conteúdo do citoplasma após 1 hora; (B) Ruptura e lise celular após 4 horas (microscopia eletrónica de transmissão 29000 X)2

Efeito positivo na morfologia intestinal

O uso de PB6 promove aumento do comprimento de vilosidades e profundidade de criptas, aumentando a área de absorção e promovendo melhor digestão e aproveitamento dos nutrientes.

Manutenção do equilibrio da microbiota intestinal

O PB6 atua promovendo o crescimento de bactérias benéficas, como Lactobacillus e Bifidobacterium, e reduzindo crescimento e colonização de bactérias entéricas, como Clostridium sp. e coliformes, mantendo o sistema digestivo em equilibrio e mais saudável.

 

Benefícios do uso de CLOSTAT em suínos

Matriz X Leitão

A matriz é responsável pela saúde e desempenho de sua leitegada. A colonização primária da microbiota do leitão vem das secreções da matriz e do meio ambiente. Logo, uma matriz saudável com microbiota equilibrada será uma boa fonte para sua leitegada, reduzindo também a contaminação do ambiente.

O leite materno, além de ser responsável pela transferência de imunidade da matriz para o leitão, contém açúcares que irão estimular a rápida colonização com Lactobacillius e Bifidobacterium.

CLOSTAT, ao ser fornecido para matrizes na fase de gestação e lactação atua positivamente na microbiota delas e dos leitões. Os resultados nos leitões são: melhor ganho de peso na maternidade, maior sobrevivência durante a fase lactante e maior peso ao desmame.

 

LEITÃO

O desmame é realizado numa fase em que o leitão está com o sistema digestivo em desenvolvimento e o sistema imunológico imaturo.

O uso de CLOSTAT nas rações de leitões terá ação direta contra Clostridium na fase de maternidade e creche, e seus efeitos no equilibrio e na saúde intestinal irão promover melhor desempenho.

RECOMENDAÇÃO DE USO

Em todas as fases.

CLOSTAT está disponível em duas apresentações: 

CLOSTAT™ Dry                                                                                                                                              

  • NÍVEL DE GARANTIA: 2,0 X 1011 UFC/KG DO PRODUTO                                              
  • MATRIZ: 500 G/TON RAÇÃO
  • LEITÃO: 500 G/TON RAÇÃO
  • SUÍNO: 500 G/TON RAÇÃO

 

CLOSTAT™ HC Dry

  • NÍVEL DE GARANTIA: 2,0 X 1012 UFC/KG DO PRODUTO
  • MATRIZ: 50 G/TON RAÇÃO
  • LEITÃO: 50 G/TON RAÇÃO
  • SUÍNO: 50 G/TON RAÇÃO

 

ENTRE EM CONTATO HOJE PARA TER OS BENEFÍCIOS DE CLOSTAT™ EM SUA PRODUÇÃO!

 

 

Referências: 1. Abdelqader et al., 2013, Anim. Feed Sci. Technol. 179: 103-111 2. Documento Interno Kemin: BB-04-00187: Characteristics and properties of ClostatTM

– An anticlostridial product 3. Documento Interno Kemin: INF-2013-00044: Piglets I: CLOSTATTM Effects in health and performance 4. Documento Interno Kemin: SA-

09-00944: Utilization of a direct-fed microbial (Bacillus subtilis PB6) to improve performance of nursing piglets: Comparision of sow, piglet, and combination treatment

regimens 5. Documento Interno Kemin: SD-14-00108: In vitro determination of antagonistic activity of “Bacillus subtilis” PB6 against different “Clostridium perfringes”

isolates 6. Documento Interno Kemin: TD-14-00137: Study of probioticum Bacillus subtilis PB6 in late-pregnant and lactating sows 7. Documento Interno Kemin: TL-18-

00017: CLOSTAT® utilisation in piglets and sows 8. Compatibility of ClostatTM with other AGPs