ButiPEARL™ - Ácido Butírico: BAse para um Intestino Saudável em Aves e Suínos

ButiPEARL™ é uma fonte encapsulada de ácido butirico para dietas de aves e suínos.

É fabricado utilizando um processo patenteado de spray freezing - a tecnologia MicroPEARLS® - que permite a lenta liberação no trato gastrointestinal, promovendo um uso eficaz do ácido butírico em suínos e aves. O processo de encapsulamento reduz muito o odor típico associado ao ácido butirico.

O papel do Á​cido Butirico na Digestão

O ácido butírico é uma das pequenas cadeias de ácidos graxos (SCFA) mais eficaz utilizado nas células epiteliais do trato gastrointestinal (GI). O ácido butírico promove o crescimento dos tecidos que revestem o trato GI e o desenvolvimento do epitélio intestinal em animais monogástricos.1,2

Com a pressão dos clientes para reduzir o uso de antibióticos, o ácido butírico encapsulado tornou-se a primeira alternativa aos antibióticos para os produtores de frangos e suínos. A entrega de ácido butírico ao intestino delgado pode melhorar as tight junctions, fortalecendo a barreira intestinal através da regulação positiva das proteínas. Ao fortalecer a barreira e auxiliar na sua recuperação, o ácido butírico encapsulado pode reduzir o impacto dos desafios ambientais e patogênicos.

Benefícios do Ácido Butírico 

  • Sinalização celular para enterócitos1
  • Melhora as tight junctions no intestino2
  • Aumento dos níveis antioxidantes, promovendo a cicatrização no trato gastrointestinal2
  • Melhora o desenvolvimento intestinal3
  • Modula a resposta do sistema imunológico4
  • Reduz inflamação4
  • Produto de fácil manipulação.

Tecnologia MicroPEARL - Fornecendo ácido butírico encapsulado para uma utilização ideal

Uma matriz de gordura envolve o ácido butirico, garantindo que as MicroPEARLS não sejam digeridas de imediato; é o sistema de entrega para o material ativo:

  • Partículas de sal de ácido butírico são incorporados na matriz do MicroPEARLS durante o processo de fabricação. As partículas são liberadas na presença de um ambiente aquoso, deixando buracos na nova partícula não exposta;
  • O líquido entra através de buracos exteriores para dentro das pérolas e se une a outras partículas de ácido butírico. Estas partículas serão então liberadas, deixando novos buracos assim que entram em contato com o líquido. Ao final, a pérola tem a aparência de uma concha vazia;
  • O material liberado se solta dentro do ácido butírico e do cálcio. O ácido butírico pode ser absorvido pelas células epiteliais do trato intestinal. O cálcio também é absorvido, enquanto a matriz de gordura é excretada.
Unidade de Encapsulamento Kemin

Unidade de Encapsulamento na Kemin

Referências

1. Peng L, et al. Butyrate Enhances the Intestinal Barrier by Facilitating Tight Junction Assembly via Activation of AMP-Activated Protein Kinase in Caco-2 Cell Monolayers. J. Nutr.; Sep 2009; 139: 1619-1625.

2. Ma X, et al. Butyrate promotes the recovering of intestinal wound healing through its positive effect on the tight junctions. J Anim Sci.; Dec 2012; 90 Suppl 4: 266-268.

3. Kotunia A, et al. Effect of sodium butyrate on the small intestine development in neonatal piglets fed [correction of feed] by artificial sow. J Physiol Pharmacol. Jul 2004; 55 Suppl 2:59-68.

4. Guilloteau P, et al. From the gut to the peripheral tissues: the multiple effects of butyrate. Nutr Res Rev. 2010; 23:366–384.