Melhorando a eficiência produtiva por meio da saúde intestinal

Devido às demandas da indústria, os produtores tiveram de mudar a maneira como criam animais de produção, reduzindo o uso de antibióticos. Buscando manter a eficiência alimentar, a taxa de crescimento e os padrões de produção, os produtores agora procuram entender maneiras de manter a saúde digestiva em gado leiteiro e de corte.

Historicamente, o trato gastrointestinal (GI), ou intestino, era considerado um órgão equipado apenas para a digestão e absorção de nutrientes. O intestino abriga a maior população de células imunológicas do corpo, incluindo as bactérias comensais, que superam todas as células hospedeiras.1 Existe um consenso geral de que os impactos da saúde intestinal e do desempenho na pecuária estão diretamente relacionados ao desempenho ideal. Entender as interações entre esses componentes inter-relacionados é o que cumulativamente faz do intestino a base para a saúde e a produtividade da carne bovina e do gado leiteiro. 

Componentes que contribuem para a saúde intestinal dos ruminantes

São componentes-chave para a saúde intestinal:

  • Dieta;
  • Sistema imunológico;
  • Microbiota;
  • Integridade Intestinal.

Como a Dieta Afeta a Saúde Intestinal e a Imunidade do Gado

O grande número de células bacterianas que revestem o intestino e suas interações complexas torna o intestino o órgão mais importante para a saúde e o desempenho dos animais. Quando está funcionando adequadamente, o intestino ajuda o gado a manter um equilíbrio em suas funções fisiológicas e respostas imunológicas. No entanto, alimentar uma dieta que não forneça quantidades adequadas de nutrientes essenciais comprometerá o animal.

Até 70% da resposta imune reside no trato gastrointestinal, portanto a vaca com intestino mais saudável será capaz de ajudar a combater uma infecção mais eficientemente.2  Além da dieta pobre, outros fatores ambientais e de manejo podem comprometer a saúde intestinal em bovinos de corte e leite. Incluídos neles estão:

  • Infecções;
  • Desmama;
  • Fungos e micotoxinas no alimento;
  • Estresse Térmico;
  • Transporte;
  • Transição rápida para alimentos fermentados.

Manutenção de uma MicroBIOTA Estável e Favorável

Outro fator chave no desenvolvimento e preservação da saúde intestinal e imunidade do gado é a composição microbiana natural. A microbiota intestinal contribui para várias funções fisiológicas, como digestão e absorção, regulação da homeostase energética, prevenção de infecções da mucosa e modulação do sistema imunológico. A microbiota do trato gastrointestinal previne a colonização por microrganismos potencialmente patogênicos, fornece energia para a parede do trato GI a partir de nutrientes não digeridos e regula o sistema imunológico da mucosa por meio de estimuladores imunológicos.3

Manutenção de uma Barreira Intestinal Saudável e Funcional

Ao contrário do rúmen, o intestino é revestido por uma única camada de células epiteliais que servem para facilitar a digestão e a absorção de nutrientes, ao mesmo tempo em que atuam como uma barreira contra microorganismos invasores, toxinas e antígenos alimentares. Portanto, a função ideal de barreira intestinal é primordial para otimizar a saúde intestinal em seus bezerros e novilhas. Proteínas tight junctions são um dos principais componentes da regulação da permeabilidade intestinal. Estas tight junctions são cruciais para a integridade da barreira epitelial e a separação destas conduz à quebra da barreira intestinal (por exemplo, intestino permeável), permitindo a passagem de moléculas e compostos prejudiciais. 

Soluções de Saúde Intestinal da Kemin parA RUMINANTES

A Kemin sabe que o impacto da saúde intestinal no desempenho da pecuária é essencial para a produção de gado leiteiro e bovino. Como os antibióticos estão sendo retirados da produção pecuária, estratégias eficazes e não antibióticas devem ser desenvolvidas para atender às demandas dos consumidores por uma produção animal mais ecológica, além de apoiar a necessidade mundial de mais proteína animal.1 É por isso que a Kemin dedica uma divisão inteira para nutrição e saúde animal. Ao oferecer uma plataforma abrangente de soluções líderes do setor para pecuária, a Kemin trabalha todos os dias para fornecer soluções nutricionais pesquisadas para criar animais saudáveis para o suprimento global de alimentos. 

 

Referências

1Modulation of Gut Health in Beef and Dairy Cattle. Dr. Clint Krehbiel e Guolong Zhang. Oklahoma State University. 2016. Usado com permissão.

The common denominator: Leaky gut syndrome. Keilli Boylen. Progressive Dairyman. Publicado em 30 de Setembro de 2016.

3Celi, Pietro. The growing importance of defining gut "health" in animal nutrition and health. J. Anim. Sci. Vol. 94, E-Suppl. 5/J. Dairy Sci. Vol. 99, E-Suppl. 1. 2016.

 

ENTRE EM CONTATO PARA TER AS SOLUÇÕES DE SAÚDE INTESTINAL PARA RUMINANTES DA KEMIN EM SUA PRODUÇÃO!