Kemin CEO Christopher Nelson

Christopher E. Nelson

President & CEO

Chris Nelson é o presidente e CEO das Indústrias Kemin, uma empresa mundial de ingredientes nutricionais especializada em melhorar a saúde humana e animal através de inovações moleculares. A empresa opera em instalações de fabricação em 6 continentes e tem mais de 45 escritórios pelo mundo. A Kemin toca mais de dois bilhões de pessoas diariamente com seus produtos para soluções específicas parar a saúde e nutrição.

O Dr. Nelson começou sua carreira na Kemin em 1980 como diretor de pesquisa e desenvolvimento (R&D); porém, desde 1993 tem prestados serviços como presidente da Kemin. Diferenciado entre os muitos avanços comerciais e científicos está o fato de que a Kemin é pioneira no processo de isolar e purificar a molécula antioxidante de luteína para consumo humano em suplementos e alimentos fortificantes. Pesquisadores identificaram a luteína como parte principal na saúde ocular humana, especialmente reduzindo o risco de degeneração macular relacionada com a idade, a causa principal de cegueira em adultos. Mais de 60 milhões de pessoas consomem luteína diariamente através de multivitamínicos ou suplementos com luteína concentrada.

Sob sua liderança na Kemin, a empresa mais do que quadruplicou em tamanho e agora emprega aproximadamente 2.000 pessoas. 

Dr. Nelson recebeu seu treinamento universitário na Universidade de  Northwestern  e seu Ph.D em bioquímica e biofísica na Universidade do Estado de Washington Ele detém 15 patentes e foi autor de estudos de pesquisas publicados e revisados.

Dr. Nelson foi nomeado como um dos 100 líderes CEO em STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) em Junho de 2013. Em Julho de 2015, foi nomeado como co-presidente do Conselho Consultivo da STEM. Ele também faz parte da diretoria da Sinfonia de Des Moines e a Des Moines Community Foundation, entre outras. Ele continua a ser um apaixonado pela educação científica e faz parte da Diretoria do Centro de Ciência de Iowa, onde ajudou a liderar com êxito a construção de um centro de aprendizagem interativa de $62 milhões de dólares.